Géssica Hellmann & Alex Oliveira

Missão: Registramos neste blog nossas pesquisas e nosso pensamento profissional sobre produção e marketing de conteúdo.



Siga-nos!

   Perfil no Google Plus Feeds RSS


Gostou? Divulgue!

Você tem um blog e gostou de nosso conteúdo? Adicione um botãozinho para nós em seu blogroll. Basta copiar o código a seguir!

O resultado será:
Pesquisa - Redação - Projetos Editoriais



Direitos Autorais

O conteúdo deste blog é protegido por direitos autorais. Se você quiser reproduzir na web qualquer conteúdo originalmente publicado aqui, lembre-se de atribuir a autoria a Géssica Hellmann & Cia. Ltda e incluir um link direto para página de onde copiou o conteúdo.
Licença Creative Commons

Licença Creative Commons
Para mais detalhes, consulte nossa página sobre Direitos Autorais

Protegido contra plágio

Protected by Copyscape Online Plagiarism Test


Um método para definir o seu orçamento de marketing na internet

Arquivos: , ,

Autor: Géssica Hellmann | Data: 05/07/2012 |


Você precisa saber o que quer antes de saber quanto vai investir

Em um típico dia útil, nós conferimos nossa caixa de e-mails e, em meio às centenas de mensagens que recebemos todos os dias, encontramos um punhado de contatos de empresas que desejam conhecer melhor nossos serviços de marketing em mídias sociais, um tipo de mensagem que sempre recebe nossa atenção imediata e, compreensivelmente, tem prioridade na resposta. Ao longo de nossos sete anos de atuação nesse mercado, reparamos que um grande número dessas mensagens inclui expressões como “orçamento”, “custos” e “valores”, sem nenhuma outra informação adicional.

É evidente que não podemos dizer “quanto vai custar” um serviço sem saber exatamente o que é preciso fazer. Assim, em nosso primeiro contato com esses clientes potenciais, procuramos estabelecer, antes de mais nada, quais são os objetivos da ação, ou seja, exatamente o que o cliente deseja conquistar através da contratação de nossos serviços. Quando o cliente não tem uma ideia muito clara dos próprios objetivos, a nossa principal tarefa se torna, justamente, auxiliar o cliente a formulá-los.

A sua verba de marketing na internet é um meio para realizar o que você quer

O passo seguinte após a formulação dos objetivos é a definição da verba, isto é, da quantidade de dinheiro destinada à realização desses objetivos. Esse é um momento em que uma imensa quantidade de empresários e executivos reluta em dizer um valor, insistindo em obter de nós uma estimativa para o “custo” do projeto. O motivo que fica mais ou menos explícito é que, como esses empresários têm experiência limitada com o marketing em mídias sociais, não fazem a menor ideia dos valores típicos praticados no mercado. Sendo assim, muitas vezes esses empresários manifestam o medo de dizer um valor excessivamente alto e acabar gastando muito mais do que o necessário.

Nosso objetivo neste artigo é mostrar a você que não é preciso ter esse medo. Usando um método simples aliado a uma dose razoável de bom senso, você pode definir uma verba de marketing que seja, ao mesmo tempo:

1 – Compatível com a realidade de sua empresa.
O marketing deve ser um meio para você obter sucesso, não um fardo a sobrecarregar as finanças de sua empresa.

2 – Suficiente para concretizar seus objetivos.
Qualquer ação de marketing em qualquer mídia envolve a execução de trabalho especializado, com aplicação de conhecimentos técnicos, tecnologia, equipamentos, pesquisa, negociação, entre outras tarefas. Deixar de realizar essas tarefas ou escolher quem vai realizá-las apenas pelo preço aumenta o risco de obter menos do que você deseja.

Academicamente falando, provavelmente o ideal seria alguma coisa impossível para sua empresa hoje

Quando se trata de definir o valor de sua verba de marketing, a resposta acadêmica é um irritante “depende”. “Cada caso é um caso”, dirão os livros, professores e consultores, antes de começar a desfiar uma dúzia de fatores que podem ou não aplicar-se ao seu caso e, além do mais, podem influenciar de mil formas diferentes o resultado final.

Além disso, se você estender um pouco mais sua pesquisa, encontrará rapidamente mais de uma dúzia de métodos possíveis para definir o tamanho de sua verba de marketing, cada um deles com uma série de vantagens e desvantagens, sendo preferencialmente aplicáveis neste contexto e não naquele outro. Enfim, uma confusão dos diabos.

O fato é que a maioria das empresas não dispõe da estrutura, do tempo e dos recursos necessários para seguir cada um dos caminhos da prosa acadêmica. O que essas empresas necessitam é de uma orientação básica de bom senso que possibilite tomar uma decisão inicial. Após algum tempo, conforme a empresa cresça e acumule
experiência, ela irá se estruturando para adotar métodos mais complexos e com maior grau de precisão.

É o ideal? Não. Mas essa é a expectativa de um grande número empresas que não estão tentando prosperar em um mundo ideal.

A primeira pergunta é: qual o valor financeiro
esperado de sua campanha de marketing?

O primeiro passo, como dissemos, é definir um objetivo para sua campanha de marketing na internet. Especificamente, você precisa decidir quanto quer ganhar a mais como resultado de sua campanha.

Em termos algébricos, se:

  • R é o resultado que sua empresa provavelmente obterá sem o marketing e
  • M é o resultado que sua empresa obterá com o marketing,
  • Seu objetivo O será a diferença entre M e R, ou seja:
  • O = M – R

Digamos que você consiga prever que, sem fazer a campanha de marketing, sua receita de vendas em 12 meses chegue a 1 milhão de reais e que você deseje vender, em vez disso, 1,5 milhão de reais nesse período. O seu objetivo para a campanha de marketing seria, neste caso, aumentar em 500 mil reais a receita de vendas auferida em 12 meses.

Este é o passo fundamental. Você precisa definir precisamente o valor financeiro que você pretende obter com a sua campanha de marketing. Para isso, um método simples é projetar o seu faturamento atual sem marketing para obter o valor de R e, em seguida, estimar o valor extra com base em sua capacidade produtiva ociosa, no poder de fogo de sua área comercial, na sua capacidade de administrar pedidos maiores de um maior número de clientes, entre outros fatores.

A segunda pergunta é: sua prioridade é ganhar ou não perder?

Tendo definido quanto você pretende ganhar com a campanha, o segundo passo é decidir até que valor você estará disposto a investir para transformá-lo em realidade.

Para começar, você precisa entender que o mundo do marketing é quase inteiramente baseado em probabilidades. Assim, caso tudo mais se mantenha constante, quanto maior for o valor investido, maior será a chance de que seu objetivo se torne realidade.

O seu desafio é equilibrar o seu medo de perder com o desejo de ganhar. Quanto maior for o seu medo de perder, menor será a quantia investida e maior será a probabilidade de obter um resultado decepcionante. Por outro lado, quanto maior for o seu desejo de ganhar, maior será a quantia investida e, consequentemente, maior a probabilidade de concretização do resultado desejado.

Mas, afinal, que valor devo investir?

Nossa experiência nos diz que a maioria dos empresários ficará insatisfeita caso o valor financeiro gerado por uma campanha de marketing seja menor do que 5 vezes o valor investido na campanha. Ou, em outras palavras, caso a verba investida seja superior a 20% do resultado obtido. Essa insatisfação é fácil de compreender quando se considera que o preço dos produtos vendidos inclui custos de produção, impostos, salários, comissões, frete, entre outras variáveis.

Afinal, normalmente, os empresários não vêem muito sentido em gastar integralmente em despesas de marketing todo o lucro extra obtido com a campanha!

Por outro lado, nunca vimos um empresário se queixar quando a campanha gerou mais de 20 vezes o valor investido, ou seja, quando a verba investida foi igual ou menor do que 5% do que o resultado efetivamente obtido.

Assim, você dificilmente vai errar se definir sua verba de marketing para 12 meses dentro de uma faixa entre 5 e 20% do valor financeiro esperado da campanha. O valor inicial poderá ser ajustado para que se torne maior ou menor conforme (1) o já mencionado equilíbrio entre desejo de ganhar e medo de perder e (2) conforme os resultados reais estejam mais ou menos de acordo com o previsto no seu plano de marketing na internet.

Em termos práticos, quando os resultados superarem muito as expectativas, você poderá reduzir seu investimento até atingir um nível ideal de manutenção. Por outro lado, quando os resultados ficarem abaixo das expectativas, você poderá desejar aumentar o valor investido na sua campanha até obter o resultado mais próximo daquele que você deseja.

Fatores que podem influenciar o resultado de
sua campanha de marketing na internet

De qualquer forma, é preciso reconhecer que é impossível adivinhar com antecedência qual será exatamente o valor obtido por uma campanha de marketing. Vamos explorar algumas situações que afetam diretamente o resultado de uma campanha de marketing:

  • Intensidade da concorrência: quando seus competidores estão muito ativos no mercado, investindo fortemente em campanhas de marketing, promoções, produtos novos e uma política agressiva de preços, os resultados de sua
    campanha tendem a ser menores. Por outro lado, quando a concorrência está letárgica, ou limitada a algumas poucas empresas com um marketing mais conservador, uma campanha mais agressiva e criativa tende a obter um resultado melhor do que o normal.
  • Criatividade na campanha: É fato conhecido que a criatividade pode aumentar em várias vezes o resultado obtido por uma campanha de marketing, sendo observáveis casos em que campanhas com orçamentos limitados ultrapassaram em muito os resultados obtidos por campanhas muitas vezes mais caras e sofisticadas patrocinadas por empresas muito maiores.
  • Contexto econômico: Quando os clientes estão mais confiantes, eles ficam mais propensos a experimentar produtos novos. Por outro lado, um ambiente econômico mais sombrio deixa os clientes mais conservadores, limitando suas compras a produtos conhecidos e ofertas testadas e aprovadas.
  • Familiaridade do anunciante: As pessoas tendem a acreditar mais nas promessas de anunciantes bem conhecidos e estabelecidos do que nas de empresas com as quais não tenham experiência anterior.
  • Singularidade da oferta: Quando sua empresa oferece um benefício único, exclusivo, de alto valor para o cliente, sua campanha atrai maior atenção do que quando sua oferta é ao estilo “eu também”.
  • Burburinho, recomendações de amigos, marketing boca a boca. Quando sua campanha gera comentários e recomendações entre as pessoas, ela ganha uma amplificação cujo efeito é praticamente imprevisível, ampliando espetacularmente o resultado efetivamente obtido.

Precisa de ajuda?

Esperamos que este artigo tenha ajudado você a avaliar melhor suas políticas para determinar o seu orçamento de marketing, levando você a estudar e pesquisar mais sobre esse fascinante assunto, explorando outros métodos, critérios e variáveis de interesse.

Entretanto, caso você esteja no espírito de arregaçar as mangas e começar logo a obter os ganhos de receitas de vendas que só um plano de marketing integrado pode oferecer à sua empresa, entre em contato conosco através formulário a seguir.







Artigos relacionados

Os comentários estão fechados.