Géssica Hellmann & Alex Oliveira

Missão: Registramos neste blog nossas pesquisas e nosso pensamento profissional sobre produção e marketing de conteúdo.



Siga-nos!

   Perfil no Google Plus Feeds RSS


Gostou? Divulgue!

Você tem um blog e gostou de nosso conteúdo? Adicione um botãozinho para nós em seu blogroll. Basta copiar o código a seguir!

O resultado será:
Pesquisa - Redação - Projetos Editoriais



Direitos Autorais

O conteúdo deste blog é protegido por direitos autorais. Se você quiser reproduzir na web qualquer conteúdo originalmente publicado aqui, lembre-se de atribuir a autoria a Géssica Hellmann & Cia. Ltda e incluir um link direto para página de onde copiou o conteúdo.
Licença Creative Commons

Licença Creative Commons
Para mais detalhes, consulte nossa página sobre Direitos Autorais

Protegido contra plágio

Protected by Copyscape Online Plagiarism Test


SEO (otimização de sites) para vender mais e conquistar a cauda longa

Arquivos:

Autor: Alex Oliveira | Data: 19/03/2009 |


O objetivo do SEO (otimização de sites) é maior do que o ranking para uma palavra-chave

Tenho recebido muitos contatos via e-mail, MSN e Skype de pessoas precisando de serviços de otimização de sites. Entretanto, muitas dessas pessoas têm uma percepção equivocada de que o objetivo do serviço é aparecer em primeiro lugar na primeira página do Google para uma única expressão de busca altamente competitiva. Basta observar o gráfico a seguir para entender porque essa é uma percepção equivocada.

SEO (otimização de sites) para a cauda longa na prática. Fonte: Google Analytics

SEO (otimização de sites) para a cauda longa na prática. Fonte: Google Analytics

SEO (otimização de sites) é um compromisso a longo prazo

Tudo o que você faz via SEO (otimização de sites) é diretamente influenciado pelo que seus concorrentes fizeram antes de você. Se você quer a primeira página do Google para uma expressão de busca altamente competitiva, especialmente se os sites de seus concorrentes já estiverem fortemente otimizados, esteja pronto para esperar vários meses ou anos até conseguir chegar à primeira página. E esteja pronto para investir também muitos milhares de reais para chegar até lá durante esse tempo.

Mas será que esse esforço todo vale a pena? Observe o gráfico a seguir.

Somente 20% das visitas chegam através da palavra-chave principal Fonte: Google Analytics

Somente 20% das visitas chegam através da palavra-chave principal Fonte: Google Analytics

A palavra-chave principal responde por apenas 20,48% do total das visitas ao site no caso real acima. Veja que grande decepção: após gastar meses ou anos e uma fortuna em serviços de SEO a empresa descobre que (1) a audiência do site não subiu tanto quanto esperava e (2) as vendas simplesmente não aumentaram o suficiente para recuperar o dinheiro e o tempo gasto na busca desse objetivo.

Mas eu gastei uma fortuna na otimização de meu site para que ele vendesse mais!

O máximo que o SEO (otimização de sites) pode fazer é aumentar a visibilidade do seu site. Fazer um site vender é tarefa muito mais complexa. Por exemplo:

  • O título e a descrição da sua página são realmente vendedores ou não passam de uma simples coleção de palavras-chaves?
  • Os textos e imagens de sua página ajudam a vender seu produto?
  • Sua empresa é conhecida e tem credibilidade no mercado ou toda a sua estratégia de marketing se baseia na esperança de aparecer no Google?
  • Seu site funciona bem em todos os navegadores?
  • Sua loja virtual é segura, funciona bem, é fácil de usar e aceita todas as opções de pagamento?
  • O mix de produtos e preços que você está oferecendo é competitivo?

Como você pode ver, as vendas são consequência de uma competente política de marketing.

O SEO (otimização de sites) é uma ferramenta de marketing, não o próprio marketing.

O que vai fazer você vender mais ou menos através de seu site é o conjunto de suas ações de marketing. Se você tem uma marca forte e seu site está completamente otimizado para vendas, os bons posicionamentos no Google vão ajudar no crescimento de suas vendas.

Por outro lado, se você tem um site otimizado para vender, você precisa de um grande número de visitas qualificadas, não de um único ranking para uma única palavra-chave no Google, seja qual for essa palavra. Confira na figura a seguir o que fizemos pela empresa que baseava 20% de suas visitas em uma palavra-chave e não conseguia vender.

Resultados obtidos por nosso cliente após otimizar o site para a cauda longa - Fonte: Google Analytics

Resultados obtidos por nosso cliente após otimizar o site para a cauda longa – Fonte: Google Analytics

Você precisa otimizar seu site para grande número de palavras-chaves – a “cauda longa”

As pessoas fazem pesquisas no Google de mil formas diferentes, ao contrário do que você poderia pensar analisando a ferramenta de palavras-chaves do Google AdWords ou os próprios registros de palavras-chaves do Google Analytics. É preciso mergulhar nos arquivos do seu servidor para descobrir que as pessoas pesquisam no Google usando frases completas, fazendo perguntas, cometendo inúmeros erros de ortografia e, muitas vezes, digitando expressões aparentemente sem sentido. Ninguém pensa em “otimizar o site” para todas essas variantes e combinações de palavras-chaves que a pessoas usam na vida real, mas elas podem facilmente representar 60 a 80% das visitas que chegam ao seu site através dos buscadores.

Essas palavras isoladas que, em conjunto, tem o potencial de trazer a maior parte das visitas a um site compõem a chamada “cauda longa” (long tail), uma imensa oportunidade de marketing que a otimização de seu site para uma palavra-chave isolada deixa de aproveitar.

Otimização para a cauda longa é a chave para o crescimento do site

O ponto que quero enfatizar é que um site otimizado para vendas tem potencial muito maior de aproveitar toda a cauda longa. Por isso, uma política de SEO (otimização de sites) que busque obsessivamente o ranking apenas para uma palavra-chave significa na prática um imenso desperdício de recursos e esforços.

De fato, um programa inteligente de SEO (otimização de sites) buscará atingir objetivos de palavras-chaves em etapas. Primeiro serão conquistadas palavras da cauda longa, com menor número de competidores mas com bom potencial para gerar vendas imediatamente, enquanto as palavras mais fortes vão sendo conquistadas ao longo do tempo, no próprio desenrolar dos trabalhos.

Precisa de ajuda? Entre em contato pelo formulário abaixo!







Artigos relacionados

Os comentários estão fechados.