Géssica Hellmann & Alex Oliveira

Missão: Registramos neste blog nossas pesquisas e nosso pensamento profissional sobre produção e marketing de conteúdo.



Siga-nos!

   Perfil no Google Plus Feeds RSS


Gostou? Divulgue!

Você tem um blog e gostou de nosso conteúdo? Adicione um botãozinho para nós em seu blogroll. Basta copiar o código a seguir!

O resultado será:
Pesquisa - Redação - Projetos Editoriais



Direitos Autorais

O conteúdo deste blog é protegido por direitos autorais. Se você quiser reproduzir na web qualquer conteúdo originalmente publicado aqui, lembre-se de atribuir a autoria a Géssica Hellmann & Cia. Ltda e incluir um link direto para página de onde copiou o conteúdo.
Licença Creative Commons

Licença Creative Commons
Para mais detalhes, consulte nossa página sobre Direitos Autorais

Protegido contra plágio

Protected by Copyscape Online Plagiarism Test


SEO Off-page (link building): nove métodos para­ obter links para seu site

Arquivos: ,

Autor: Alex Oliveira | Data: 23/02/2009 |


Este artigo sobre link-building atende, ainda que um pouco tardiamente, ao pedido do leitor Lutti em comentário à postagem sobre marketing em comentários de blogs. Desde que li esse pedido, venho estudando como abordar o assunto de forma prática e útil para o webmaster de tempo integral – aquele blogueiro ou editor de website que quer se estabelecer com o próprio esforço.

Há várias maneiras de obter links em outros sites. Apresento aqui a seguir nove técnicas que uso regularmente, sempre com bons resultados.

1 – Pedido direto

Você tem amigos na web? A internet é um excelente meio para conhecer pessoas e fazer amigos. Se seus amigos têm um site, um blog, um espaço qualquer na web, eles podem adicionar um link para seu site. Então, peça! Na maior parte das vezes você será atendido.

Já o pedido direto feito a um completo estranho tem pequena probabilidade de funcionar, a menos que o seu site tenha uma grande afinidade com o conteúdo do site dessa pessoa. Sugiro que, antes de pedir o link, você se aproxime do editor do site, através de comentários, troca de correspondência… Enfim, primeiro transforme o “estranho” em um “amigo”, depois peça o link!

2 – Troca de links direta

A troca de links é bem mais palatável do que o pedido direto e muitíssimo comum entre blogueiros, que costumam formar redes de conteúdo em comum nas barras laterais de seus blogs. Em geral, para que o pedido de troca de links seja bem-sucedido, você precisa ter algum page-rank ou popularidade de links que indique probabilidade de bom page-rank futuro para oferecer em troca do link para o seu site.

3 – Troca de links usando serviços de link exchange

Esse é um esquema que vem perdendo rapidamente valor junto ao Google, mas ainda é capaz de dar um importante pontapé inicial em sites iniciantes, ou nos casos em que o webmaster tenha pouquíssimo tempo para dedicar ao link-building.

Para usar esses serviços, você precisa criar uma página de links em seu site. A cada link que você adicionar a um site de terceiros, esse mesmo site adicionará um link para o seu em sua própria página de links. O resultado é uma página de links de baixo valor mas que, na pior das hipóteses, pode melhorar o rastreamento do conteúdo de seu site pelo Googlebot.

[Editado em 12/12/2012: O parágrafo acima foi mantido por motivos históricos. Na data desta edição, esses sistemas de link exchange são absolutamente não recomendados em qualquer situação]

4 – Cadastro em listas de diretórios

Há diretórios gratuitos e diretórios pagos às centenas na web. Muitos deles vão competir com você nos resultados de busca, por isso certifique-se de que (1) o link para seu site não conterá nofollow, explícito ou disfarçado através de redirecionamentos no servidor e (2) o texto que você adicionar à descrição do seu site não estará otimizado demais para o Google.

Um erro comum é copiar todo o texto de sua página e colar na descrição do diretório. Essa é uma excelente maneira de ver o diretório aparecendo no lugar de seu site na primeira página do Google!

5 – Serviços de social bookmarking

São os serviços de compartilhamento de favoritos. Nesses serviços, você cria um perfil e adiciona os links que quiser, funcionando como uma espécie de “diretório de links”.

Fique atento às configurações e aos termos de serviço. A maior parte dos serviços de social bookmarking atualmente acrescenta nofollow aos links gerados pelo usuário.

Além disso, vários desses serviços têm políticas antispam fortemente restritivas. Se você começar a adicionar links demais para o seu próprio site, sua conta pode ser banida ou penalizada com o “fechamento de seus links”: isto é, todos os seus links receberão “nofollow” da noite para o dia!

6 – Serviços sociais de notícias

Os serviços de “social news” são uma espécie de “social bookmarking” mais especificamente orientados para notícias, com a possibilidade de “votação” por parte da comunidade. A cada voto que uma notícia recebe, ela ganha relevância, podendo chegar até a primeira página do serviço.

Chegar à primeira página de um serviço de social news é o sonho dourado de todo webmaster. Entretanto, o conteúdo precisa ser realmente interessante para que uma página receba número de votos suficiente para tanto.

Também valem as mesmas recomendações que fizemos sobre os serviços de social bookmarking: leia atentamente os termos de serviço e observe atentamente o comportamento da comunidade. A penalidade para comportamento indesejado nos serviços de social news costuma ser o banimento inapelável de sua conta, com a perda definitiva de todo o conteúdo que você tiver publicado.

7 – Triangulação de links

Esse é um esquema de troca de links um pouco mais sofisticado, com o objetivo de obter links unidirecionais. Funciona da seguinte maneira: você adiciona um link em seu site A apontando para o site B. Em troca, o webmaster do site B retribui esse link no site A com um link para o site C. Esquematicamente:

Site A -> Site B -> Site C

Esse sistema permite reforçar rapidamente o page-rank do site C sem comprometê-lo com trocas diretas de links. É o esquema ideal quando você já tem um site “maduro” (no exemplo, o site “A”) com page-rank suficiente para ser cobiçado por outros sites (o site “B”), e você deseja expandir seu portfolio para incluir um novo negócio (o site “C”).

8 – Divulgação em diretórios de artigos e notícias

Escrever artigos relacionados ao seu mercado é uma excelente maneira de incluir você mesmo os links que deseja para seu site, com os textos de âncora que necessita. Há diversos serviços que permitem que você mesmo publique seus artigos. Os melhores são os serviços em que todo o conteúdo é previamente submetido à aprovação de editores antes da publicação.

Como sempre, leia e releia os termos de serviços, e procure observar a participação da comunidade. Alguns diretórios impõem limites quanto ao número de links que você pode adicionar a cada artigo. Quase todos são extremamente restritivos quanto a artigos de caráter puramente promocional ou com objetivo publicitário mal-disfarçado. A maioria também permite comentários e avaliações por parte dos usuários.

Assim, dedique-se a entender como funciona a mentalidade dos editores e da comunidade para evitar decepções e penalidades.

9 – Banners, widgets e gadgets úteis para blogueiros

Se você é um bom programador ou designer e for capaz de criar um botãozinho útil, bonito, engraçado ou divertido para os blogueiros, prepare-se para receber uma chuva de links! A comunidade de blogueiros gosta de novidades e desses pequenos pedaços de código que adicionam um valor extra a seus sites. Basta não se esquecer de incluir um link válido para seu próprio site ao oferecer esses códigos à comunidade.

Qual desses métodos é o mais eficiente?

A experiência demonstra que o método mais eficiente é a utilização simultânea de todos esses métodos! O trabalho de link-building não comporta descanso, muito menos preguiça: você precisa expandir continuamente sua popularidade de links ou a visitação e os rankings de seu site tenderão a estagnar ou despencar após algum tempo.

Afinal, qual é o segredo do link building? Fácil! Faça link building 8 horas por dia de segunda a sexta-feira e você também conseguirá.

Ou seja, não há segredo. Usar todos os métodos que tiver à mão para conquistar número sempre crescente de links para seu site durante todo o tempo que tiver disponível para isso é o que se chama de serviço de “link building” ou “SEO Off Page”, uma especialidade no mercado de SEO em que somos pioneiros no Brasil.

Precisa de ajuda? Entre em contato pelo formulário abaixo!







Artigos relacionados

Os comentários estão fechados.