Géssica Hellmann & Alex Oliveira

Missão: Registramos neste blog nossas pesquisas e nosso pensamento profissional sobre produção e marketing de conteúdo.



Siga-nos!

   Perfil no Google Plus Feeds RSS


Gostou? Divulgue!

Você tem um blog e gostou de nosso conteúdo? Adicione um botãozinho para nós em seu blogroll. Basta copiar o código a seguir!

O resultado será:
Pesquisa - Redação - Projetos Editoriais


Direitos Autorais

O conteúdo deste blog é protegido por direitos autorais. Se você quiser reproduzir na web qualquer conteúdo originalmente publicado aqui, lembre-se de atribuir a autoria a Géssica Hellmann & Cia. Ltda e incluir um link direto para página de onde copiou o conteúdo.
Licença Creative Commons

Licença Creative Commons
Para mais detalhes, consulte nossa página sobre Direitos Autorais

Protegido contra plágio

Protected by Copyscape Online Plagiarism Test


Pesquisa: maioria dos sites ignora o básico do SEO

Arquivos: ,

Autor: Géssica Hellmann | Data: 24/07/2012 |

Amélia Earhart no Google Doodle é uma boa inspiração para o SEO (otimização de sites): quem tem coragem de liderar, voa mais alto e mais longe do que os concorrentes.

Amélia Earhart no Google Doodle é uma boa inspiração para o SEO (otimização de sites): quem tem coragem de liderar, voa mais alto e mais longe do que os concorrentes.

Considerando a profusão de empresas e profissionais especialistas em SEO (otimização de sites), bem como a ampla divulgação dessas técnicas, seria de se esperar que, a esta altura, a maioria dos sites da atualidade já tivesse adotado pelo menos as técnicas mais elementares de otimização on-page.

Essa expectativa, infelizmente, não é justificada. Estudo conduzido por John Fox, da empresa Venture Marketing avaliou a presença/ausência de técnicas elementares de SEO on-page no conjunto de 1 milhão de de sites mais visitados do mundo segundo os rankings Alexa. Os resultados são estarrecedores. Do total de páginas analisadas:

  • Menos de dois terços (64.9 %) contém uma, e apenas uma, tag title, com não mais do que 65 caracteres. A tag title simplesmente não foi incluída em 6%, enquanto 2% do total incluíam mais de uma tag title.
  • Menos de um terço (32,2%) contém uma, e apenas uma, tag H1; 55% do total não contêm uma tag H1, enquanto 14% incluíram-na mais de uma vez.
  • Menos de 40% (38,5%) contêm uma, e apenas uma, tag description, com não mais do que 160 caracteres; 36% não contêm essa tag e 2% contêm mais de uma tag description.
  • Apenas 30% dos sites continham um arquivo “sitemap.xml” no diretório raiz do website. A quantidade dos que continham um arquivo robots.txt não chegava a dois terços, totalizando 61%.

Essa pesquisa revela uma grande oportunidade para as empresas que desejem obter uma vantagem espetacular sobre suas concorrentes. Simplesmente contratando um profissional ou empresa qualificada para realizar uma auditoria de SEO completa em seus websites, corrigindo esses e muitos outros probleminhas que podem estar criando obstáculos intransponíveis para o Google e os demais buscadores, você já poderá ultrapassar rapidamente grande parte dos seus competidores. Para contratar já o serviço de auditoria e consultoria em SEO e Marketing Online, entre em contato através do formulário a seguir.







Os comentários estão fechados.