Géssica Hellmann & Alex Oliveira

Missão: Registramos neste blog nossas pesquisas e nosso pensamento profissional sobre produção e marketing de conteúdo.



Siga-nos!

   Perfil no Google Plus Feeds RSS


Gostou? Divulgue!

Você tem um blog e gostou de nosso conteúdo? Adicione um botãozinho para nós em seu blogroll. Basta copiar o código a seguir!

O resultado será:
Pesquisa - Redação - Projetos Editoriais


Direitos Autorais

O conteúdo deste blog é protegido por direitos autorais. Se você quiser reproduzir na web qualquer conteúdo originalmente publicado aqui, lembre-se de atribuir a autoria a Géssica Hellmann & Cia. Ltda e incluir um link direto para página de onde copiou o conteúdo.
Licença Creative Commons

Licença Creative Commons
Para mais detalhes, consulte nossa página sobre Direitos Autorais

Protegido contra plágio

Protected by Copyscape Online Plagiarism Test


Os seis passos iniciais do SEO (otimização de sites) para máxima eficiência nos resultados de busca.

Arquivos:

Autor: Alex Oliveira | Data: 19/10/2007 |

SEO (otimização de sites) é um trabalho que, se bem feito, não precisa ser repetido: pode sustentar seu site por anos a fio na liderança, sem grandes oscilações.

Embora seja fácil de entender e simples de implementar, o SEO é uma atividade trabalhosa, que requer grande esforço por parte do webmaster. Também requer, muitas vezes, um acordo negociado entre o ego do webmaster (ou proprietário do site) e os objetivos de audiência. Nem sempre as pessoas estão dispostas a mudar elementos essenciais do seu site para efeito de SEO… E, na maioria das vezes, elas têm razão! Por exemplo, os nomes de sites gerados através de uma perspectiva pura de SEO costumam ser muito pouco atrativos (para não dizer, “muito chatos”) para a maioria das pessoas. Não provocam riso, por exemplo.

Neste post, faremos um resumo das seis técnicas fundamentais de SEO, tomando por base sua aplicação ao blog de humor “Cíclope Mirolha”. A proposta do blog é apresentar vídeos humorísticos para seu entretenimento. O que você lerá abaixo é uma sessão de consultoria com o proprietário do site, Kyo Carleon.

Kyo: Alex:…queria te perguntar umas coisas

Alex:: Pergunte.

Kyo: Pesquisei o Google AdWords e descobri que a procura por “videos youtube” é grande e a oferta baixíssima. Porém, o ciclope mirolha não está tendo bons resultados…

Alex:: A concorrência de anunciantes é baixa, né?

Kyo: Não…Em tese não há concorrência.

Alex:: Mais ou menos. Se não há concorrência de anunciante, isso significa que não há concorrência profissionalizada. Mas, experimente buscar por “vídeos no youtube” e veja quantos sites são encontrados pelo Google:

Resultados 1 – 10 de aproximadamente 270.000.000 para vídeos no youtube (0,42 segundos)

Kyo: Complexo

Alex:: Você tem 270 milhões de concorrentes para essa expressão-chave.

Kyo: Fácil de ganhar…

Alex:: Uma coisa que você ainda não sabe é que o Google (assim como o Yahoo! e o Windows Live) só mostra os mil primeiros resultados para cada busca, mesmo que encontre 270 milhões de registros. Desses 270 milhões, 269 milhões 999 mil páginas web são deixadas de fora dos resultados para a expressão dada.

Entretanto, é incrivelmente fácil ganhar a competição. Embora “fácil” não seja sinônimo de “moleza”. Deixe-me fazer um resumo do que venho explicando desde o início. Veja o que confere e o que está faltando.

Kyo: Certo

Alex:: 1 – Ache expressões de busca com pouca competição no Google AdWords e no Yahoo Search Marketing.
2 – Crie um blog com título e endereço otimizados para essas expressões-de-busca.
3 – Inclua as expressões de busca secundárias na descrição do blog.

Kyo: Mas o que eu faria no caso? Mudaria o URL do site?

Alex:: Não necessariamente, como veremos. O passo 4 é “inclua as expressões-de-busca nos títulos das postagens”. Check?

Kyo: Not check também… 🙁

Alex:: Acho que você tem que “comprar o pacote”. Cada item da lista que você ignorar vai comprometer os seus resultados.

Kyo: Mas o que eu faço então quanto ao nome do site? Mudo para videosyoutubetotal?

Alex:: Bom, essa é uma questão a conversar. Você pode manter o cíclope mirolha, mas tem que saber a que custo, ok? Vamos em frente:

5 – Consiga o maior número possível de links para seu blog em sites relacionados ao seu, com a expressão de busca principal no texto de âncora.

Isso agrega valor ao seu site. Se seu site é de humor, um link em um site de humor tem mais peso do que 10 links em sites de culinária.

Kyo: Vou fazer comentário nesses sites sobre vídeos no youtube

Alex:: Isso! Uma boa dica é que os sites relacionados ao tema do seu site devem ter page-rank maior do que o da sua página. Você deve privilegiar, neste momento, sites com page-rank 2 para cima. O page-rank é um indicador do “peso” de um site em relação a todo o universo da web. A escala é exponencial. O esforço necessário para subir de page-rank 8 para 9 é milhares de vezes maior do que o para subir de page-rank 2 para 3.

Kyo: O meu page-rank ainda é zero…

Alex:: Sim, e continuará zero até a próxima atualização do page-rank, que acontece mais ou menos a cada 3 ou 4 meses.

Kyo: Ah, entendi!

Alex:: Deixe-me te mostrar a importância do PR usando o SEO Quake. Vá a www.statcounter.com com o SEO Quake ligado. Qual é o page-rank?

Kyo: PR 8. Forte…

Alex:: Agora veja qual o número de “Links” detectados pelo Google.

Kyo: Google links: 1.150.000

Alex:: E pelo Yahoo?

Kyo: Links Yahoo: 12.800.152

Alex:: Então, qual é a conclusão? Você pode ter links demais para o seu blog? Existe alguma coisa chamada “excesso de links”?

Kyo: Não…

Alex:: Então, vamos ao item 6… Atualizar constantemente os blogs.

Kyo: Nisso eu estou tirando dez!

Alex:: Cada blog que adicionar um link para você na barra lateral apresenta pelo menos o seguinte número de links para o seu blog: (número de postagens + 1)

Veja a conseqüência. Como cada postagem é salva em uma página diferente, seu blog tem um voto da página inicial, mais um voto para cada página de cada postagem. Se você comentar, acrescente ainda o número de comentários a esse total.

Kyo: Acho que depois disso vou ter que fazer uma revolução no endereço, e título dos meus blogs

Alex:: Depois que implementar cada ponto da lista acima, aí vem uma nova fase. Mas não confunda as coisas! O Cíclope Mirolha é um excelente nome de humor. Mas requer uma estratégia diferenciada de divulgação.

Kyo: Calma…vou deixar o Cíclope como mascote.

Alex:: Porque, como disse, ninguém entra no Google perguntando “Onde encontrar Cíclopes Mirolhas”? Mas é um bom nome que, bem divulgado, pode gerar burburinho.

Kyo: Só mais uma coisa: tenho que mudar o ENDEREÇO DO MEU BLOG?

Alex:: Não acho que seja necessário. Deixe-me te explicar um custo associado à mudança de domínio. Vá lá no site da Netscape/AOL e veja qual é o Page-Rank.

Kyo: Page-Rank 0! Para o site da Netscape/AOL? Não está estranho???

Alex:: A resposta é simples. Até umas três semanas atrás, o domínio era “www.netscape.com”. Page-Rank: 8. Mudou o domínio, zerou a contagem.

Kyo: Então quer dizer que eles vão ter que investir tudo de novo para chegar a PR8?

Alex:: É lógico que, na próxima atualização do Page-Rank, o índice vai pular para um valor bem alto. Mas, até lá, vão comer grama.

Kyo: Haja grana!

Alex:: Bom a AOL/Netscape não é exatamente uma empresa “pobre”… 🙂 Mas, no seu caso, você vai perder todo o seu trabalho? Todos os links criados até agora serão perdidos, a contagem será zerada, vai demorar a ser indexado…

Note o seguinte: só o Google sabe qual é o seu page-rank exato hoje. Ele diz, por exemplo, que uma página tem “Page-Rank: 3”. Mas não diz se esse três está mais próximo de subir para 4 ou de cair para 2.

O Google só entrega a parte inteira de um número de ponto flutuante, que é resultado do cálculo de mais de 500 mil variáveis. Seu page-rank, hoje, pode ser 0.75214352485846351314 . Ou seja, quase 1.

Lembre-se de que a base de comparação é um universo de quase 10 bilhões de páginas web! Eles não entregam a parte decimal para que ninguém seja capaz de deduzir a fórmula do Page-Rank. Segredo comercial.

Bom, está pronto para implementar os itens do check-list durante este fim-de-semana? Se puser a maior parte das coisas em prática, tenho novas ferramentas de marketing para você usar. Mas, primeiro, é preciso espremer até a última gota do potencial de cada ferramentas preconizada antes de passar para a próxima”.

Precisa de ajuda? Entre em contato pelo formulário abaixo!







Os comentários estão fechados.