Géssica Hellmann & Alex Oliveira

Missão: Registramos neste blog nossas pesquisas e nosso pensamento profissional sobre produção e marketing de conteúdo.



Siga-nos!

   Perfil no Google Plus Feeds RSS


Gostou? Divulgue!

Você tem um blog e gostou de nosso conteúdo? Adicione um botãozinho para nós em seu blogroll. Basta copiar o código a seguir!

O resultado será:
Pesquisa - Redação - Projetos Editoriais



Direitos Autorais

O conteúdo deste blog é protegido por direitos autorais. Se você quiser reproduzir na web qualquer conteúdo originalmente publicado aqui, lembre-se de atribuir a autoria a Géssica Hellmann & Cia. Ltda e incluir um link direto para página de onde copiou o conteúdo.
Licença Creative Commons

Licença Creative Commons
Para mais detalhes, consulte nossa página sobre Direitos Autorais

Protegido contra plágio

Protected by Copyscape Online Plagiarism Test


O mito da otimização de páginas web

Arquivos: , ,

Autor: Alex Oliveira | Data: 13/03/2008 |


Muito se tem falado na web brasileira sobre SEO, otimização de sites, posicionamento no Google e assuntos relacionados.

O que não se diz é que 99% do trabalho de otimização consiste na criação de links sem nofollow que apontam para seu site.

Esse é um serviço que ninguém quer fazer. É mais fácil entupir sua página de texto inútil, títulos feios cheios de palavras repetidas, meta-tags e mais meta-tags, do que empenhar-se em divulgar seriamente seu website via campanha de links.

A desinformação grassa, não só entre os webmasters que estão “estudando SEO” sem nem saber inglês (toda a literatura relevante em SEO é em língua inglesa, não se iluda!) e querem “pegar uns macetes” para “aparecer na primeira página do google”, como entre os prestadores de serviços de otimização, que se limitam a manipular palavras-chaves na página, demonstrando total desconhecimento da importância decisiva da popularidade de links nos rankings das páginas de resultados dos buscadores.

Criar popularidade de links é trabalho intenso e de tempo integral. As empresas de Webdesign, Desenvolvimento WEB e até mesmo de SEO, mesmo quando conhecem a importância da popularidade de links, preferem não oferecer esse serviço, pois seria anti-econômico deslocar um funcionário ou mais, em tempo integral, para blogar, votar, submeter postagens, trocar idéias, divulgar, passo-a-passo, boca-a-boca, como tem de ser na web.

Como resultado, temos boas empresas com websites espetaculares que ninguém visita… A menos que o empresário esteja disposto a pagar por cada visita em sistemas de links patrocinados, como o Google AdWords!

Ora, se o seu site pode ser visitado por centenas ou milhares de pessoas todos os dias apenas com os resultados orgânicos de pesquisa e via sites de referência, não entendo porque alguém pensaria em gastar um centavo em links patrocinados.

O único motivo em que consigo pensar é um site sem links… “Otimizado” apenas com palavras-chaves, otimização on-page, que é apenas o início dos serviços reais de SEO.

P.S.: Você já viu, nesses anúncios Google, algum anúncio patrocinado pela Microsoft, Adobe ou Corel? Lógico que não! Elas não precisam. Cada produto que elas lançam no mercado recebem dezenas de milhares de links por dia em milhares de sites de notícias no mundo inteiro… Pense nisso!

Precisa de ajuda? Entre em contato pelo formulário abaixo!







Artigos relacionados

Os comentários estão fechados.