Géssica Hellmann & Alex Oliveira

Missão: Registramos neste blog nossas pesquisas e nosso pensamento profissional sobre produção e marketing de conteúdo.



Siga-nos!

   Perfil no Google Plus Feeds RSS


Gostou? Divulgue!

Você tem um blog e gostou de nosso conteúdo? Adicione um botãozinho para nós em seu blogroll. Basta copiar o código a seguir!

O resultado será:
Pesquisa - Redação - Projetos Editoriais


Direitos Autorais

O conteúdo deste blog é protegido por direitos autorais. Se você quiser reproduzir na web qualquer conteúdo originalmente publicado aqui, lembre-se de atribuir a autoria a Géssica Hellmann & Cia. Ltda e incluir um link direto para página de onde copiou o conteúdo.
Licença Creative Commons

Licença Creative Commons
Para mais detalhes, consulte nossa página sobre Direitos Autorais

Protegido contra plágio

Protected by Copyscape Online Plagiarism Test


Marketing para músicos iniciantes – Parte 2 – Método para chegar ao sucesso

Arquivos:

Autor: Géssica Hellmann | Data: 05/04/2012 |

Marketing musical: os músicos já tem as qualidades essenciais para o sucesso - Imagem por Géssica Hellmann

Marketing musical: os músicos já tem as qualidades essenciais para o sucesso – Imagem por Géssica Hellmann

No primeiro artigo desta série sobre Marketing para músicos iniciantes, enfatizamos o fato de que a diferença entre os músicos bem sucedidos e os demais é a sua trajetória. Entretanto, muito provavelmente, boa parte dos músicos bem sucedidos que você conhece seguiu essa trajetória com base em sua intuição, seguindo o doloroso método da experiência e erro, do que em uma decisão consciente de seguir um método racional. Nosso objetivo neste artigo, portanto, é apresentar a você uma metodologia prática que você pode aplicar conscientemente para reproduzir em sua própria carreira a trajetória dos músicos cujo sucesso você mais admira.

Você já tem as qualidades básicas para começar

As maiores virtudes de que a maioria dos músicos precisa para obter sucesso é a paciência aliada à capacidade de perseguir objetivos. Basicamente, você precisa do seguinte:

(1) Decisão. Decida o que deseja conseguir. O importante aqui é ser específico. “Ser um sucesso” e “conquistar muitos fãs” são desejos válidos, mas que não vão ajudá-lo muito nesta fase. Alguns exemplos de coisas que você pode definir aqui de uma forma útil são, por exemplo, “receber convites para tocar em festas e bailes”, “participar em festivais”, “realizar minha primeira apresentação solo”, “participar em gravações de estúdio com músicos mais experientes”.

(2) Prazo. Defina um prazo para transformar esse desejo em realidade. A maior importância do prazo é que ele é um poderoso motivador. O prazo cria uma pressão que obriga as pessoas a manter uma disciplina que as leva a executar diariamente as tarefas necessárias à realização do desejo.

(3) Programação. Divida seu objetivo maior em objetivos menores e defina tarefas diárias para realizar os objetivos menores dentro do prazo menor. Por exemplo, você pode dividir seu objetivo para seis meses em objetivos semanais. Se você souber no domingo o que precisa realizar até o sábado seguinte, será mais fácil decidir o que precisa fazer na segunda, na terça, e assim por diante.

(4) Mãos à obra. Trabalhe todos os dias, com inteligência e disciplina, para realizar seu objetivo. A partir de quando? A partir do dia em que tomar a decisão – que tal hoje? – até data limite que define o seu prazo!

(5) Controle e corrija. Estabeleça uma rotina para conferir os resultados obtidos e fazer mudanças caso as coisas não estejam progredindo exatamente como você esperava. Uma boa sugestão é definir previamente as datas para sessões de avaliação e controle. Assim, programe uma data por mês para um rápido balanço das suas realizações, dificuldades e soluções dentro daqueles mês específico. Programe também uma grande avaliação semestral para reavaliar suas estratégias e objetivos para o semestre seguinte, considerando os registros das avaliações e correções realizadas durante o semestre.

Repare que, sendo você um músico, você já faz todas essas coisas há muitos anos, desde a primeira vez em que decidiu arregaçar as mangas e aprender a sua arte!

Senão, vejamos. Primeiro, você decidiu que queria aprender a tocar um instrumento ou cantar. Em seguida, procurou um professor, um método ou um curso, com o objetivo de aprender certas habilidades dentro de seis meses, outras habilidades dentro de um ano e assim por diante. Estudou e praticou todos os dias, várias horas por dia, para adquirir essas habilidades. Finalmente, pôs suas habilidades à prova, arriscando-se a executar algumas músicas sob o olhar avaliador do seu professor ou de um pequeno público e usou essa experiência para decidir o que precisava melhorar.

O que você precisa fazer a partir de agora é começar a aplicar essa disciplina adquirida no longo aprendizado da música à gestão de sua carreira. E você pode começar tomando a decisão sobre o objetivo que vai perseguir durante os próximos seis meses. O restante deste artigo é dedicado a ajudar você nessa tarefa.

O primeiro passo é definir alguns indicadores sobre o que você considera “sucesso”. Por exemplo, se você for um músico iniciante, um indicador muito adequado pode ser o número de convites mensais para apresentar-se em público para pequenas plateias, como festas e saraus, por exemplo. Tendo definido os indicadores, defina o valor que você deverá perseguir para cada um desses indicadores dentro de 6, 12, 18 e 24 meses. Vejamos um exemplo prático:

Indicador de Sucesso 6 meses 12 meses 18 meses 24 meses
Convites para apresentar-se em festas e bailes 1 convite por mês 2 convites por mês 4 convites por mês 8 convites por mês

Repare que, no exemplo, esse músico vai considerar que obteve sucesso se, após 2 anos de carreira, estiver se apresentando 2 vezes por semana em festas e bailes. A importância desse exemplo é ressaltar para você que, na maioria dos casos, o sucesso vem sob a forma de regularidade, isto é, de resultados que se repetem de maneira mais ou menos uniforme ao longo do tempo. Tenha em mente esse conceito quando for estabelecer seus próprios objetivos.

Como prever o futuro?

Talvez você ache difícil estabelecer metas precisas para prazos tão longos, especialmente se estiver bem no começo de sua carreira. Tranquilize-se. Em primeiro lugar, os primeiros objetivos que você traça servem apenas como parâmetro de sucesso e incentivo ao trabalho. Muito provavelmente, os resultados realmente obtidos serão bem diferentes do que você imaginou.

Em segundo lugar, o fato de você adotar uma programação semanal e avaliações periódicas para controle de resultados e correções de rumo levará você a perseguir objetivos cada vez mais realistas. Note que essas sessões periódicas de controle e avaliação servem principalmente para corrigir suas ações e sua rotina, mas também servem para corrigir seus próprios objetivos!

Mesmo que você tenha sido um pouco otimista ou pessimista demais ao formular o seu plano, a cada novo mês ou trimestre você terá a oportunidade de reavaliar suas próprias expectativas e corrigir suas previsões de prazo e resultados.

À medida que o tempo passa e você acumula experiência, você começa a ter uma visão bastante precisa quanto do que é capaz de realizar dentro de quanto tempo. Portanto, não se preocupe em ter hoje a melhor previsão do mundo: concentre-se, isso sim, em ter a maior disciplina do mundo na hora de transformá-la em realidade.

Mas ainda estamos bem no começo…

Neste artigo, estabelecemos a base metodológica para o seu sucesso. Nossa sugestão é que você dedique a próxima semana a formular seu próprio plano de ação, tomando decisões sobre objetivos, prazos, programação e controle. Esta, provavelmente, será a semana mais importante de sua carreira, portanto, leve a sério este compromisso com seu próprio sucesso e ponha mãos à obra! No próximo artigo, que será publicado no dia 12 de abril de 2012, vamos começar o estudo das etapas da sua carreira e da estratégia que você deve adotar em cada uma delas. Até a próxima quinta!

Leia a série completa de artigos de marketing para músicos iniciantes!

Parte 1 – Etapas para uma trajetória de sucesso
Parte 2 – Método para chegar ao sucesso







Os comentários estão fechados.