Géssica Hellmann & Alex Oliveira

Missão: Registramos neste blog nossas pesquisas e nosso pensamento profissional sobre produção e marketing de conteúdo.



Siga-nos!

   Perfil no Google Plus Feeds RSS


Gostou? Divulgue!

Você tem um blog e gostou de nosso conteúdo? Adicione um botãozinho para nós em seu blogroll. Basta copiar o código a seguir!

O resultado será:
Pesquisa - Redação - Projetos Editoriais



Direitos Autorais

O conteúdo deste blog é protegido por direitos autorais. Se você quiser reproduzir na web qualquer conteúdo originalmente publicado aqui, lembre-se de atribuir a autoria a Géssica Hellmann & Cia. Ltda e incluir um link direto para página de onde copiou o conteúdo.
Licença Creative Commons

Licença Creative Commons
Para mais detalhes, consulte nossa página sobre Direitos Autorais

Protegido contra plágio

Protected by Copyscape Online Plagiarism Test


Mais algumas palavras sobre a diferença entre SEO (otimização de sites) e SEM

Arquivos: ,

Autor: Alex Oliveira | Data: 09/08/2008 |


Recebi, há cerca de uma semana, uma consulta sobre serviços de SEO, em que o cliente pedia detalhes sobre os serviços. Ao que parece, ele já utilizava o Google AdWords e não estava não estava bem informado sobre as diferenças entre os serviços.

Embora já tenha abordado aqui esse assunto, fiz um esforço didático adicional na resposta que, acredito, poderá ser útil para esclarecer às pessoas de que uma estratégia não é “melhor” do que a outra: são apenas “diferentes”, atendem a objetivos diferentes e, portanto, podem e devem ser utilizadas em conjunto quando os recursos permitirem.

Segue o texto do e-mail:

“Olá!
Gostaria de saber, em primeiro lugar, se você está se referindo a posições no AdWords ou em resultados orgânicos, isto é, não pagos, do Google.

Nosso trabalho focaliza os resultados orgânicos para que você não precise mais gastar dinheiro para aparecer na primeira página do Google em milhares de pesquisas para todas as palavras-chaves que você promove no AdWords.

Obviamente, é um serviço com resultados menos rápidos do que o AdWords. Seus rankings começam a melhorar em duas semanas e a audiência do site sobe. Mas um bom posicionamento geral para todos os termos desejados é um objetivo que pode demorar de 3 a 6 meses para ser alcançado.

Por outro lado, você obtém consistência a longo prazo no seu posicionamento. Enquanto, no AdWords, basta cancelar a campanha hoje para que a audiência despenque no dia seguinte, quando você conquista um resultado consistente no posicionamento orgânico, você o mantém por longos anos.

Mesmo que abandone o seu site, deixando-o sem atualização, você continuará a receber visitas através dos buscadores.

O que eu recomendo para meus clientes é manter o investimento em AdWords durante a primeira quinzena de utilização de nossos serviços. Conforme os rankings forem melhorando, o cliente pode focalizar outras palavras-chaves ou simplesmente cortar os gastos nas palavras-chaves em que obteve a liderança.

Em seis meses, você já terá bom posicionamento para todas as palavras-chaves visadas, eliminando boa parte da necessidade de links patrocinados com o objetivo de gerar audiência, sendo possível usar esse tipo de publicidade apenas para atender a objetivos específicos, pontuais, como promoções, novos produtos, eventos e outras ações com duração bem definida.

Em outras palavras: quando você precisar de picos de audiência, recorra ao AdWords. Para mudar seu patamar de audiência para um valor mais alto, use SEO e link-building.

O que não deve fazer, em hipótese alguma, é usar o AdWords para criar e manter o seu patamar de audiência. É antieconômico, porque ele não foi originalmente projetado para essa finalidade”.

Precisa de ajuda? Entre em contato pelo formulário abaixo!







Artigos relacionados

Os comentários estão fechados.