Géssica Hellmann & Alex Oliveira

Missão: Registramos neste blog nossas pesquisas e nosso pensamento profissional sobre produção e marketing de conteúdo.



Siga-nos!

   Perfil no Google Plus Feeds RSS


Gostou? Divulgue!

Você tem um blog e gostou de nosso conteúdo? Adicione um botãozinho para nós em seu blogroll. Basta copiar o código a seguir!

O resultado será:
Pesquisa - Redação - Projetos Editoriais



Direitos Autorais

O conteúdo deste blog é protegido por direitos autorais. Se você quiser reproduzir na web qualquer conteúdo originalmente publicado aqui, lembre-se de atribuir a autoria a Géssica Hellmann & Cia. Ltda e incluir um link direto para página de onde copiou o conteúdo.
Licença Creative Commons

Licença Creative Commons
Para mais detalhes, consulte nossa página sobre Direitos Autorais

Protegido contra plágio

Protected by Copyscape Online Plagiarism Test


Indexação de páginas e ética profissional

Arquivos: , , ,

Autor: Géssica Hellmann | Data: 02/09/2008 |


Primeiramente quero pedir desculpas aos amigos por ter me mantido afastada por algumas semanas desse blog. Muito trabalho e alguns problemas de saúde – estou no quinto mês de gravidez e esperando meu segundo filho.

Durante esse período continuei atenta aos meus feeds e informações sobre a área em que atuo. Nesse mesmo período recebi vários contatos de clientes e empresas interessadas em SEO e Mídias Sociais para promoção de seus websites.

Faz parte do processo realizar um diagnóstico do site no estado atual, do que é possível fazer, estabelecer metas e melhorias que precisam ser realizadas tanto na questão de desenvolvimento quanto do SEO on-page para uma indexação e rankeamento eficientes.

Muitas empresas têm comprado “gato por lebre” na hora de escolher os profissionais para desenvolver seus websites. Vi casos até de sites que não possuem páginas!

Como dizer a um cliente que possui mais de 300 produtos cadastrados em seu website comercial que cada página que ele visualiza na verdade não é entendida pelo Google como uma “página” e que, na prática, é como se o site dele só tivesse a página inicial?

Outra questão com que também tenho me deparado com frequência é de empresas que investiram de 1 a 2 anos em “Otimização de sites” com profissionais que usam técnicas pouco eficientes ou até maliciosas.

Na maioria dos casos, percebo um total desconhecimento sobre os “riscos” que acarretam o uso dessas técnicas, chamadas de “Black-Hat”.

Em uma aparição surpresa durante um evento de Mídias Sociais e SEO, Matt Cutts alegou que grandes empresas não são de modo algum imunes às sanções do Google, e que várias grandes empresas tiveram seus sites banidos no todo ou em parte devido à inadequação das técnicas utilizadas.

Ou seja, todos os que fazem uso de técnicas de Black-Hat em seus websites correm o risco de serem denunciados por seus concorrentes e, como penalização, terem todas as páginas de seu site banidas do índice dos buscadores. A sua empresa sabe se está correndo esse risco? Conhece bem o profissional contratado? Como evitar esse risco?

Primeiramente, procure se informar no próprio Google. Converse com o profissional contratado sobre suas dúvidas. Outra maneira de se proteger é criar uma cláusula em contrato com o prestador de serviço sobre a utilização de técnicas White-Hat, ou seja, técnicas que não vão contra os princípios éticos afirmados pelo Google.

Outros fatores importantes para indexação de páginas web:

Conteúdo: O que diz o seu conteúdo (texto, imagens) é importante tanto para causar uma boa impressão nos usuários como para a forma que os buscadores vão interpretar seu site.

Navegação e estrutura de páginas: A arquitetura interna de links e menus são importantes. Os robôs dos buscadores conseguem seguir sua estrutura de navegação? Ou seus menus são em JavaScript ou Flash não amigáveis aos buscadores?

Blogs corporativos: a criação de um blog dentro de seu domínio facilita a criação de conteúdos dinâmicos com páginas amigáveis fortalecendo o rankeamento de seu website e criando um canal de comunicação com seus clientes.

Link-Building: a quantidade e a qualidade de links externos que apontam para o seu site é um fator importantíssimo para melhorar o posicionamento de suas páginas nos buscadores, assim como melhorar a indexação do site como um todo.

Nome de domínio e páginas internas: uma boa estratégia de escolha de nome de domínios e páginas internas que valorizem as palavras-chaves referente ao conteúdo exibido na página cria valor ao rankeamento desses termos nos buscadores.

Banco de dados: Tenha cuidado com a utilização de banco de dados para o desenvolvimento de seus sites. Existem maneiras de utlizar esses recursos e ao mesmo tempo criar páginas amigáveis aos buscadores. Verifique se o seu desenvolvedor as utilizará corretamente.

Precisa de ajuda? Entre em contato pelo formulário abaixo!







Artigos relacionados

Os comentários estão fechados.