Géssica Hellmann & Alex Oliveira

Missão: Registramos neste blog nossas pesquisas e nosso pensamento profissional sobre produção e marketing de conteúdo.



Siga-nos!

   Perfil no Google Plus Feeds RSS


Gostou? Divulgue!

Você tem um blog e gostou de nosso conteúdo? Adicione um botãozinho para nós em seu blogroll. Basta copiar o código a seguir!

O resultado será:
Pesquisa - Redação - Projetos Editoriais



Direitos Autorais

O conteúdo deste blog é protegido por direitos autorais. Se você quiser reproduzir na web qualquer conteúdo originalmente publicado aqui, lembre-se de atribuir a autoria a Géssica Hellmann & Cia. Ltda e incluir um link direto para página de onde copiou o conteúdo.
Licença Creative Commons

Licença Creative Commons
Para mais detalhes, consulte nossa página sobre Direitos Autorais

Protegido contra plágio

Protected by Copyscape Online Plagiarism Test


SEO (otimização de sites): guia passo-a-passo para otimizar as páginas de seu site ou blog: os erros mais comuns nas meta-tags.

Arquivos:

Autor: Alex Oliveira | Data: 08/05/2008 |


Neste artigo sobre otimização on-page, abordaremos os métodos e o erros mais comuns cometidos por empresas e webmasters na otimização de meta-tags.

1 – Pesquise palavras-chaves para as quais você possa competir. Esse é o momento crucial do SEO. Escolha palavras-chaves sem muitos concorrentes (basta olhar quantos resultados o Google apresenta para a palavra em questão) e com índice de busca substancial. A otimização dos principais competidores também é um fator a considerar. Se os sites que ocupam os 5 primeiros resultados para uma palavra-chave estiverem bem otimizados, você provavelmente levará muito tempo, e talvez não consiga nunca, chegar a uma posição de destaque na primeira página.

Um sintoma de que um concorrente está otimizado é verificar se ele também aparece nos 5 ou 10 primeiros resultados no Yahoo! e no Windows Live. Caso isso não aconteça, talvez você consiga superá-lo nesses dois buscadores e obter alguma audiência marginal para a palavra-chave escolhida.

Note que não existe regra-de-ouro para escolher palavras-chaves. Essa é uma decisão estratégica em que você deve avaliar seus objetivos e sua capacidade de atingi-los. Quem tem dois anos ou mais para atingir a liderança por uma palavra-chave altamente competitiva – por exemplo, caso você esteja querendo construir uma reputação a longo prazo – vive uma situação muito diferente de quem vai abrir uma loja online e precisa de resultados expressivos em vendas já no primeiro mês de atividades.

2 – Escolha as três palavras-chaves com maior potencial e classifique-as por ordem de importância. Três, apenas três, não mais nem menos do que três! Um erro básico de SEO é tentar focalizar dezenas de palavras-chaves de uma vez. Isso demonstra que o webmaster ou o SEO não fez seu dever-de-casa pesquisando a fundo as melhores palavras-chaves e optou por uma “rajada de metralhadora” na esperança de acertar em alguma coisa. Lembre-se do conceitos de densidade e peso: quanto maior o número de palavras-chaves visado, menor será o peso concedido pelos buscadores a cada uma delas!

Por que, então, não devo escolher apenas uma ou duas palavras-chaves? Idealmente, é o que você deveria fazer. Acontece que, no mundo real, pode ser difícil estipular com antecedência qual palavra-chave oferecerá o melhor retorno. Por isso, você deve começar com uma “trinca” de alto potencial para testar sua efetividade. Após alguns meses (no mínimo seis meses), você pode decidir abandonar algumas palavras-chaves e buscar outras com melhor potencial de resultados.

3 – Otimize o título da página incluindo suas três palavras-chaves por ordem de prioridade. Em outras palavras, a proeminência de cada palavra deve ser proporcional à sua prioridade. Exemplo: <title>Chocolate Biscoitos Confeitos</title>

3.1. O nome da empresa é menos importante do que as palavras-chaves. Jogue-o para o final do título.

3.2. O título não deve ter mais do que 20 caracteres.

3.3. A tag <title> deve ser a primeira tag da seção <head> de sua página web.

4 – Escreva a descrição de sua página incluindo as palavras-chaves apenas uma vez, por ordem de prioridade. Exemplo: <meta name=”Description” content=”Chocolates, Biscoitos e Confeitos: atacado e varejo a preços imbatíveis. Conheça nossas ofertas!”>

4.1. O texto da descrição deve ser vendedor e incitar à ação, já que ele muito provavelmente será exibido quando o internauta fizer sua pesquisa.

4.2. A descrição não deve ter mais do que 140 caracteres incluindo espaços.

5 – Na sua tag “keywords” escreva suas palavras-chaves apenas uma vez, por ordem de prioridade. Resista à tentação de estufar esta tag com todas as variações possíveis de cada palavra-chave, incluindo plurais e erros de digitação. Isso definitivamente não funciona! Seja clean: <meta name=”Keywords” content=”Chocolates, Biscoitos, Confeitos”>

6 – E quanto às outras tags? Perderam a importância. Inclua o que você quiser, opcionalmente, mas saiba que o estará fazendo apenas para fins de documentação. Não adianta escrever, por exemplo, uma tag “ROBOTS” com conteúdo “INDEX, FOLLOW” na seção meta, já que os robôs indexarão a página e seguirão todos os seus links por default. Esse tag só faz sentido se você quiser incluir um valor “NOINDEX, NOFOLLOW”, se não houver outros meios seguros de evitar a indexação da página em questão.

Precisa de ajuda? Entre em contato pelo formulário abaixo!







Artigos relacionados

Os comentários estão fechados.