Géssica Hellmann & Alex Oliveira

Missão: Registramos neste blog nossas pesquisas e nosso pensamento profissional sobre produção e marketing de conteúdo.



Siga-nos!

   Perfil no Google Plus Feeds RSS


Gostou? Divulgue!

Você tem um blog e gostou de nosso conteúdo? Adicione um botãozinho para nós em seu blogroll. Basta copiar o código a seguir!

O resultado será:
Pesquisa - Redação - Projetos Editoriais



Direitos Autorais

O conteúdo deste blog é protegido por direitos autorais. Se você quiser reproduzir na web qualquer conteúdo originalmente publicado aqui, lembre-se de atribuir a autoria a Géssica Hellmann & Cia. Ltda e incluir um link direto para página de onde copiou o conteúdo.
Licença Creative Commons

Licença Creative Commons
Para mais detalhes, consulte nossa página sobre Direitos Autorais

Protegido contra plágio

Protected by Copyscape Online Plagiarism Test


SEO (otimização de sites): guia passo-a-passo para otimizar as páginas de seu site ou blog: como otimizar o conteúdo de suas páginas.

Arquivos:

Autor: Alex Oliveira | Data: 09/05/2008 |


1 – Suas páginas devem conter texto no código. Não o esconda em imagens, javascripts ou animações!

2 – Seu texto não deve ser nem curto nem longo demais. Os buscadores entendem que uma página com poucas palavras contém uma quantidade muito limitada de informações para serem realmente relevantes. Por outro lado, uma página com texto longo demais pode demorar um pouco mais do que o normal para ser indexada. Se isso não é exatamente um problema em um blog, pode ser fatal em uma página de e-commerce. Assim, como regra, faça com que suas páginas tenham no mínimo 120 e no máximo 1300 palavras.

3 – Use marcadores de títulos e subtítulos h1 a h6. E aproveite para inserir suas palavras-chaves com o máximo de proeminência e peso possível. Lembre-se de que os títulos e subtítulos são feitos para chamar a atenção do leitor… Os robôs dos buscadores também são seus leitores!

4 – Coloque sua palavra-chave e variações em negrito uma vez ao longo do texto, de preferência na primeira vez em que ela ocorrer.

5 – Use sua palavra-chave em um link ou no título de um link para outra página do site.

6 – Use pelo menos uma imagem para ilustrar sua página e acrescente uma propriedade “alt” (texto alternativo) no código da imagem. Explicite que aquele texto é um “alt” para uma imagem, acrescentando o texto [Imagem] ou [Foto] logo no início.

Exemplo: <img src=”minhaimagem.jpg” alt=”[Imagem] Palavra-chave: Foto ilustrativa”>

6.1. Não use sua palavra-chave mais de uma vez na mesma imagem.

6.2. Não acrescente sua palavra-chave a mais de três imagens na mesma página. Se sua página tiver 4 imagens, por exemplo, adicione sua palavra-chave apenas à três primeiras propriedades e use uma palavra-chave secundária na quarta imagem.

7 – Use parágrafos para redigir e “salpique” suas palavras-chaves ao longo deles, cuidando de dar maior proeminência às palavras prioritárias.

7.1. Não repita obsessivamente suas palavras-chaves ao longo do texto, ele precisa soar natural para seres humanos. Como regra, mantenha a freqüência de suas palavras-chaves entre 2 e 4% do total de palavras da página. Com menos do que 2% sua página pode não ser considerada relevante para aquela palavra; mais de 4%, você se arrisca a ser penalizado por spam.

7.2. No primeiro parágrafo, coloque suas palavras-chaves entre as primeiras 20 palavras, por ordem de prioridade. No último parágrafo, entre as 20 últimas, por ordem inversa de prioridade (isto é, quanto mais importantes, mais perto do fim da última frase).

Estas são as regras básicas de otimização de qualquer página web. Em um website comercial, em geral você tem uma página inicial e várias páginas de conteúdo referentes, por exemplo, a produtos diversos.

A lógica nesse caso é idêntica, exceto que, na página inicial, você vai mirar os seus três produtos prioritários e, em cada página interna, em um produto ou grupo de produtos isoladamente.

Para exemplificar como ficaria essa estrutura em um website real, montamos um pequeno site de somente texto em HTML, sem nenhum elemento de design ou redação real, e nenhuma outra sofisticação de código que possa confundir o usuário iniciante. O objetivo desse site é apresentar a técnica elementar de otimização para as palavras-chaves de uma empresa fictícia que chamamos de “Chocolates do Zezinho”.

A página inicial da “Chocolates do Zezinho” é orientada aos três produtos básicos da empresa, por ordem de prioridade: Chocolates, Biscoitos e Confeitos. A partir da página inicial, com o texto mais longo de todas, para apresentar a empresa e todos os seus maravilhosos produtos, você pode chegar nas páginas internas, específicas para cada produto, com textos mais curtos 100% otimizados apenas a palavra-chave específica do produto.

Note que usei, na seção <head> a seguinte tag:

<META NAME=”ROBOTS” CONTENT=”NOINDEX, NOFOLLOW”>

O objetivo dessa tag é instruir todos os robôs dos buscadores a não indexar nem seguir os links contidos nessas páginas! Como se trata apenas de um site de exemplo, sem nenhum conteúdo útil real sobre chocolates, biscoitos ou confeitos, elas obviamente seriam penalizadas como “spam” pelos buscadores caso não contivessem esse alerta no cabeçalho.

Note também que, no link para o site da empresa fictícia, adicionei a expressão rel=”nofollow”, pois não desejo que os buscadores associem este site a uma página de beco-sem-saída. Assim, eis aqui um exemplo prático de bom uso do nofollow em suas páginas web.

Precisa de ajuda? Entre em contato pelo formulário abaixo!







Artigos relacionados

Os comentários estão fechados.