Envolvimento intencional nas redes sociais

A internet tem o potencial de nos conectar a milhares de pessoas e algumas pessoas mantêm mesmo vários milhares de pessoas entre amigos, fãs e seguidores. Independente do número, a pergunta mais importante é: com quantos dos seus contatos você realmente interage? Quantas são as pessoas que conhecem suas ideias e com quem você mantém algum relacionamento?

O objetivo de quem quer ser bem sucedido nas redes sociais deve ser o “envolvimento intencional”. No mundo atual, é a estratégia mais valiosa tanto para crescimento pessoal quanto profissional.

Como funciona na prática? Há vários meses venho desenvolvendo o hábito diário de interagir e conhecer melhor algumas das pessoas que fazem parte da minha rede de contatos online, especialmente no Facebook e no Linkedin, onde tenho o objetivo de conhecer melhor meus contatos profissionais e fazer amigos novos. Durante esse período, tenho recebido excelente feedback e compartilhado informações valiosas.

Os seres humanos são carentes de atenção, de reconhecimento e de apreciação sincera. Quando doamos um pouco de nosso tempo para conversar e dar atenção às pessoas, elas se sentem prestigiadas. William James já dizia que “o mais profundo princípio da natureza humana é a ânsia de ser apreciado”.

Procuro sempre encontrar uma qualidade em cada pessoa que conheço. Todas as pessoas tem alguma qualidade em que se destacam. Desta forma, tenho a oportunidade de aprender um pouco mais com cada pessoa que interajo.

Ao fortalecer relacionamentos você está investindo em seu “capital social”. Segundo Marcelo Coutinho*, “o capital social é baseado em três importantes dimensões: a confiança que inspiramos nas pessoas, a comunicação que mantemos com elas e o expertise que os outros reconhecem em nós mesmos com base na referência dada pela própria comunidade onde as pessoas estão inseridas.”

Por isso lanço um desafio:

Selecione um grupo inicial de no máximo de 60 pessoas da sua rede de contatos online que você deseja conhecer melhor nos próximos 3 meses. No inicio de cada manhã, reserve 30 minutos por dia para entrar em contato com três pessoas.

Mostre-se interessado pelo que as pessoas fazem, seu trabalho, suas ideias e necessidades. Sempre que possível, encontre algo positivo para elogiar no que as pessoas disseram a você.

No final do dia reserve mais 30 minutos para responder as mensagens que você recebeu. Em apenas 30 dias você já terá conhecido melhor no mínimo 60 pessoas de sua rede de contatos. Dentre essas 60, é provável, que apenas 30 ou 40 se destaquem. Classifique essas pessoas em grupo privigiliado, com o qual você continuará a manter um contato períodico.

A cada mês inclua mais 10 pessoas novas. Em três meses você terá um capital social muito mais relevante do que um grupo com milhares de “seguidores” em sua network. Tenho certeza de que você descobrirá pessoas incríveis e terá a oportunidade de aprender com cada uma delas, além de ter a oportunidades compartilhar suas ideias, o seu conhecimento e suas ofertas. Em contrapartida, essas pessoas reconhecerão em você uma pessoa agradável, confiável, com quem elas gostam de conversar e certamente terão prazer em indicar você para outras pessoas.

Géssica Hellmann Consultora de comunicação e negócios, CEO da Géssica Hellmann & Cia

* Citação publicada no excelente livro de Fabio Cipriani – Estratégia em Mídias Sociais

[si-contact-form form=’1′]