Clientes confiam mais em sites do que em anúncios (Nielsen)

Estudo global divulgado pelo instituto Nielsen em setembro deste ano reforça uma percepção corriqueira entre os profissionais de marketing: a maioria dos consumidores confia pouco em qualquer forma de publicidade. Mas mesmo esses consumidores costumam confiar mais em anúncios de mídias tradicionais, como rádio, TV, outdoor, revistas e jornais do que nos anúncios online.

Por outro lado, os websites das empresas desfrutam de confiança muito superior a qualquer forma de publicidade, seja tradicional ou online, perdendo apenas para recomendações de amigos e avaliações de consumidores publicadas na internet. Veja na figura a seguir um resumo dos diferentes níveis de confiança do consumidor nas diferentes fontes de informação sobre empresas e produtos.

Confianca do consumidor em diferentes midias publicitarias. Fonte: Nielsen - setembro de 2012
Confianca do consumidor em diferentes mídias publicitarias. Fonte: Nielsen – setembro de 2012

Isso não significa que a publicidade deva ser abandonada, diz Randall Beard, diretor de soluções de publicidade em nível global da Nielsen. Afinal, a publicidade paga alcança rapidamente um grande número de pessoas, o que a torna uma ferramenta sempre valiosa. O desafio é desenvolver formas de integrar a publicidade paga a outras formas de comunicação não-paga para melhorar a confiança e aumentar os resultados gerais, em vez de tratá-las como mídias mutuamente exclusivas. Um exemplo prático muito interessante desse efeito apresentado pelo estudo mostra como a exposição do consumidor ao website da empresa triplicou as vendas de um anúncio online.

Conquistar a confiança dos clientes envolve muito mais do que criar um anúncio confiável. É necessário desenvolver uma combinação ótima de mídias próprias (websites, blogs e outros canais controlados pela empresa), mídias sociais (redes sociais e outros canais de terceiros onde a empresa se faça presente lado a lado com os consumidores) e mídias pagas (publicidade, merchandising) de modo a amplificar a confiança do consumidor pelo efeito conjunto da combinação de mídias a que ele foi exposto.

[si-contact-form form=’1′]